Publicidade

04 de Dezembro de 2013 - 00:58

Por Marcelo Ribeiro Silva - Agencia Estado

Compartilhar
 

O índice de atividade dos gerente de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços da China medido pelo banco HSBC recuou para 52,5 em novembro, frente a 52,6 em outubro. Acima de 50, a leitura indica expansão da atividade não industrial em relação ao mês anterior.

"O setor de serviços da China manteve um ritmo constante de crescimento em novembro, impulsionado pelo crescimento do emprego, que avançou pelo terceiro mês seguido", avaliou Qu Hongbin, economista-chefe do HSBC na China. "A moderação dos novos negócios e do crescimento dos preços proporcionou a dinâmica mais fraca do PMI de serviços neste mês", acrescentou Qu.

Na terça-feira, a Federação Chinesa de Logística e Compra (CFLP, na sigla em inglês) informou que o índice oficial de atividade dos gerente de compras do setor de serviços desacelerou em novembro para 56, de 56,3 em outubro.

O PMI Composto da China subiu para 52,3 em novembro, de 51,8 em outubro, registrando o quarto mês consecutivo de expansão. O resultado foi determinada pelo aumento da produção das indústrias que atingiu o maior nível desde março.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você pretende substituir o ovo de Páscoa por outros produtos em função do preço?