Publicidade

04 de Dezembro de 2013 - 07:57

Por Thiago Moreno - Agencia Estado

Compartilhar
 

A Polícia Federal prendeu oito pessoas nesta terça-feira, 03, acusadas de participar de uma quadrilha especializada em remessas ilegais de dinheiro para o exterior. Dois suspeitos do grupo, que atuava em Santa Catarina e em São Paulo, continuam foragidos. Os policiais também apreenderam R$117 mil em dinheiro e veículos.

Segundo a Polícia, a organização criminosa constituía empresas de fachada supostamente atuantes no ramo de comércio exterior e, sob argumento de estar pagando importações, firmava contratos com instituições financeiras para promover a saída do dinheiro. Os recursos eram enviados para paraísos fiscais, como o Panamá, além de países como China e Coréia, sempre apresentando documentos falsos.

Os policiais apuraram que, entre 2012 e 2013, mais de R$ 100 milhões foram remetidos ao exterior por meio desse esquema fraudulento, que envolvia a utilização de duas empresas de fachada instaladas na grande Florianópolis.

Foi decretado o sequestro de bens imóveis situados em três estados da federação, veículos de luxo e decretado o bloqueio de diversas contas bancárias, de pessoas físicas e jurídicas envolvidas no esquema. Participam da operação 75 policiais federais e 23 auditores e técnicos da Receita Federal.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?