Publicidade

25 de Dezembro de 2013 - 17:48

Por Sílvio Barsetti - Agencia Estado

Compartilhar
 

Um tumulto generalizado na Rocinha (São Conrado, zona sul do Rio), no local conhecido como Largo do Boiadeiro, deixou duas pessoas feridas no final da manhã desta quarta-feira, dia 25. Um dos feridos é um policial militar ainda não identificado, que foi atacado com pauladas. O outro, Alex Duarte Monteiro, de 21 anos, levou um tiro no rosto. Nenhum dos dois corre risco de morrer. De acordo com testemunhas, o rapaz teria sido atingido por um PM.

O distúrbio teve início quando PMs da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da favela avistaram supostos traficantes no largo. Houve troca de tiros e, segundo a Polícia Militar, os bandidos deixaram no lugar uma mochila com drogas. Ainda segundo a versão oficial, os PMs foram hostilizados e agredidos por moradores com pauladas, barras de ferro e garrafas de vidro quando tentavam pegar a mochila. Um carro da PM chegou a ser apedrejado.

Nesse momento, policiais teriam disparado tiros para o alto. Uma das balas teria atingido Monteiro. A situação então se agravou e foi preciso reforço da PM para conter os mais exaltados. Morador da Rocinha, Alex foi atendido no posto de saúde da comunidade. O policial está no Hospital Central da Polícia Militar, no bairro do Estácio, na região central.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você pretende substituir o ovo de Páscoa por outros produtos em função do preço?