Publicidade

08 de Dezembro de 2013 - 17:40

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

A Ponte Preta teve o seu rebaixamento para a Série B decretado no último final de semana, quando perdeu em casa da Portuguesa, mas a torcida está preocupada mesmo é com a decisão da Copa Sul-Americana contra o Lanús, na próxima quarta-feira. Tanto que a despedida do Campeonato Brasileiro, neste domingo, diante do Internacional, às 17 horas, no estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS), é encarada pelos campineiros como um amistoso.

A última vitória alvinegra pelo Brasileirão aconteceu no dia 27 de outubro, quando bateu o Vasco por 2 a 1, em Campinas. Depois disso, foram três empates e três derrotas. Com apenas 36 pontos, a Ponte Preta está na penúltima colocação e não tem mais chances de escapar do rebaixamento. Por isso, a partida deste domingo interessa apenas ao Internacional, que é o 14.º colocado, com 47 pontos, e ainda luta contra a degola.

Focada na partida de volta da final da Copa Sul-Americana contra o Lanús, na Argentina, a Ponte Preta vai poupar todos titulares e reservas, tanto que o time será completado por alguns jogadores das categorias de base como os volantes Maurício - improvisado na lateral esquerda - e Alef, o meia Matheus Olavo e o atacante Ademir, além das opções no banco de reservas.

Nem mesmo o técnico Jorginho viajou com a delegação para Caxias do Sul, pois ficou treinando em Campinas o time visando o duelo decisivo contra o Lanús. Os auxiliares-técnicos Ailton e Zé Sérgio ficarão responsáveis por comandarem a Ponte Preta neste final de semana. O lateral-esquerdo Uendel, desfalque na final por causa do terceiro cartão amarelo, não será utilizado, assim como o atacante Rafael Ratão, com lesão no tornozelo.

Jorginho já havia adotado a estratégia de poupar os titulares no último final de semana. Naquela ocasião, porém, jogadores como William, Magal e Adailton começaram a partida.

A delegação alvinegra vai viajar para a Argentina nesta segunda. Após o empate por 1 a 1, na quarta passada, no Pacaembu, quem vencer será o campeão. Se houver novo empate, por qualquer placar, a decisão vai para a prorrogação e, se necessário, disputa por pênaltis. Rebaixada para a Série B, a Ponte Preta está entre o céu e o inferno. Se for campeão, vai garantir em 2014 a participação em quatro competições internacionais: Sul-Americana, Recopa, Copa Libertadores e Copa Suruga, no Japão, entre o campeão da Sul-Americana e o campeão da Copa do Japão.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?