Publicidade

07 de Janeiro de 2014 - 16:58

Por Ayr Aliski - Agencia Estado

Compartilhar
 

A caderneta de poupança da Caixa registrou captação líquida - diferença entre depósitos e retiradas - de R$ 22,3 bilhões em 2013, o que foi o recorde para a instituição. "A poupança da Caixa registrou, em 2013, a maior captação líquida de sua história", destaca nota à imprensa sobre o resultado divulgada há pouco. A caderneta da Caixa terminou o ano de 2013 com mais de 52 milhões de contas ativas e um saldo acumulado de R$ 208 bilhões.

Somente em dezembro, foram abertas mais de 600 mil contas de poupança na Caixa. Considerando o resultado apenas do último mês de 2013, a captação liquida foi de R$ 3,157 bilhões, 43% superior à registrada no mesmo período de 2012. Para o diretor de Clientes Estratégia de Varejo da Caixa, Édilo Valadares, os números demonstram o grau de confiança que o poupador deposita no banco.

A caderneta de poupança da Caixa conta com um público de faixas etárias diversificadas. São mais de 1,4 milhão de poupadores com até 15 anos de idade e 5,7 milhões com mais de 65 anos. A maior concentração está na faixa de 25 a 45 anos, responsável por 43% da base de clientes. As mulheres respondem por 51% das contas. A região Sudeste concentra 46% dos clientes da poupança da Caixa.

A Caixa destaca que a classe média também tem poupado mais. Nos últimos três anos, houve um acréscimo de 41% na quantidade de poupadores dos segmentos de média renda na instituição. Houve aumento, ainda, no número de novos poupadores: 54% dos clientes tem conta há no máximo 12 meses.

Nesta terça-feira, 7, o Banco Central anunciou que, no conjunto de todas as instituições, a caderneta de poupança registrou novo recorde de captação em 2013. Os depósitos feitos durante o ano passado superaram os saques em R$ 71,047 bilhões. Em 2012, recorde anterior, a captação ficou positiva em R$ 49,719 bilhões.

Somente em dezembro, a captação ficou positiva em R$ 11,201 bilhões. Esse é o maior valor para todos os meses da série histórica do Banco Central, que começa em janeiro de 1995. O recorde anterior era de R$ 9,451 bilhões (junho de 2013).

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?