Publicidade

10 de Dezembro de 2013 - 06:25

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

A primeira-ministra da Tailândia, Yingluck Shinawatra, reforçou nesta terça-feira que não renunciará antes das eleições nacionais, previstas para 2 de fevereiro, mesmo com as exigências da oposição para que ela renuncie do cargo de chefe interina do governo.

A premiê tailandesa falou um dia depois de ter anunciado a dissolução do Parlamento e após ter convocado eleições. Na segunda-feira, o opositor Suthep Thaugsuban, líder dos protestos contra o governo, encerrou uma manifestação que reunia 150 mil pessoas afirmando que o movimento tinha assumido um grande poder político. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?