Publicidade

07 de Dezembro de 2013 - 12:30

Por AE-AP - Agencia Estado

Compartilhar
 

O novo presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, ameaçou neste sábado expulsar a Índia do movimento olímpico. O país poderá ser excluído das próximas edições dos Jogos Olímpicos se não se adequar às regras éticas determinadas pela entidade mundial.

De acordo com Bach, o COI está pronto para retirar o reconhecimento oficial da Associação Olímpica da Índia caso a entidade não se adapte às "regras de boa governança", que prega, entre outros conceitos, maior transparência nas decisões.

A Associação Olímpica da Índia, já está sob suspensão, vai tentar reverter sua situação em uma reunião com o COI neste domingo. Para Bach, o encontro será um ultimato para os indianos. Se a entidade nacional não ceder, será desfiliada do movimento olímpico internacional.

"Precisamos ser rígidos para termos certeza de que as regras de boa governança serão aplicadas", afirmou o presidente do COI. Se a punição se confirmar, será a primeira vez que um país será excluído do movimento olímpico desde o veto à África do Sul durante os anos do Apartheid.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você participa das celebrações da Semana Santa?