Publicidade

07 de Janeiro de 2014 - 14:07

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O primeiro carregamento de armas químicas retirado da Síria por especialistas da Organização para a Proibição de Armas Químicas (Opaq) e das Nações Unidas foi embarcado hoje em um navio de carga de bandeira dinamarquesa e retirado do país.

O anúncio foi feito hoje em Haia por Sigrid Kaag, diplomata holandesa responsável pela missão conjunta da ONU e da Opaq encarregada de destruir o arsenal químico sírio.

O carregamento embarcado hoje no porto de Latakia consiste em matérias-primas para a produção de gases venenosos.

As matérias-primas foram retiradas da Síria com uma semana de atraso em relação ao prazo original, de 31 de dezembro. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a retirada das pinturas de Lucio Rodrigues dos pontos de ônibus?