Publicidade

30 de Dezembro de 2013 - 22:01

Por Eulina Oliveira - Agencia Estado

Compartilhar
 

A produção total de petróleo e gás natural da estatal no Brasil, em novembro, foi de 2,342 milhões barris de óleo equivalente por dia (boed), 1,2% acima dos 2,315 milhões boed extraídos no mês anterior. Incluída a parcela operada pela Petrobrás para as empresas parceiras, o aumento em relação a outubro foi de 1,9%.

Já a produção exclusiva de petróleo dos campos da empresa no Brasil atingiu a média de 1,957 milhão barris por dia (bpd), mantendo-se no mesmo nível de outubro, que foi de 1,960 milhão bpd.

Conforme o comunicado da estatal, contribuíram para a estabilidade da produção de petróleo em novembro os novos recordes mensal e diário de produção no pré-sal, de 339,1 mil bpd e 362,3 mil bpd, respectivamente, além do início da operação da plataforma P-63 no campo de Papa-Terra, na Bacia de Campos, no dia 11 do mesmo mês.

O volume de gás natural produzido pela Petrobras no Brasil em novembro, por sua vez, foi de 61,296 milhões de metros cúbicos por dia, 8,3% superior aos 56,581 milhões de metros cúbicos por dia produzidos no mês anterior. Incluída a parcela operada pela Petrobras para as empresas associadas, o volume alcançou 68,794 milhões de metros cúbicos, com um aumento de 8,5% em relação a outubro.

Segundo a estatal, contribuíram para o aumento da produção de gás o fim das paradas programadas das plataformas de Merluza e Mexilhão, na Bacia de Santos, e a interligação do Módulo de Operação de Pigs-1 (MOP-1), no Espírito Santo.

Também em novembro, destaca a Petrobras, a Unidade de Operações de Exploração e Produção na Amazônia bateu o recorde na entrega de gás, atingindo o volume de 4,232 milhões de metros cúbicos por dia. Segundo a estatal, foi a primeira vez que esse índice atingiu patamares superiores a 4 milhões de metros cúbicos diários, impulsionado, principalmente, pelo aumento da demanda de gás nas termoelétricas da região.

A extração total de petróleo e gás natural no exterior foi de 194.078 boe/d em novembro, o que representa uma redução de 2,8% em relação aos 199.760 boe/d produzidos em outubro. "Essa redução resultou da parada de produção nos campos de Cascade e Chinook, nos EUA, para instalação dos umbilicais de energia e bombas submarinas e, também, da parada para manutenção na planta de Sábalo, no campo de San Antônio, na Bolívia", explica a Petrobras, no comunicado.

Desse total, a produção de gás natural foi de 14,944 milhões de metros cúbicos por dia, 3,2% abaixo do volume produzido no mês de outubro. A produção exclusiva de petróleo nos campos da companhia no exterior, em novembro, foi de 106.122 bpd, 2,5% menor que a de outubro.

Além disso, a produção total informada à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) foi de 9,155 milhões de m3 de óleo e 2,175 bilhões de m3 de gás em novembro de 2013. Essa produção corresponde à produção total das concessões em que a Petrobrás atua como operadora. Não estão incluídos os volumes do petróleo extraído do xisto, líquido de gás natural (LGN) e produção de parceiros onde a estatal não é operadora.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?