Publicidade

12 de Dezembro de 2013 - 09:37

Por - Agencia Estado

Compartilhar
 

A produção industrial da zona do euro caiu 1,1% em outubro, ante setembro, segundo dados da agência de estatísticas da União Europeia. O resultado marcou o segundo recuo mensal consecutivo e a queda mais acentuada desde setembro de 2012. A baixa ocorreu em quase todos os países do bloco da moeda e apenas Itália e Estônia registram altas na produção.

A queda foi um surpresa, tendo em vista que um levantamento feito pelo Wall Street Journal com 24 economistas havia previsto uma alta de 0,2% na produção industrial. Com isso, o resultado eleva a possibilidade de que o retorno ao crescimento da zona do euro será prejudicado no último trimestre do ano.

O declínio da produção industrial foi liderado pelo setor de energia, que registrou uma queda de 4% em outubro. Isso não foi uma grande surpresa, uma vez que as temperaturas em toda a Europa foram maiores do que o habitual durante esse mês de inverno. No entanto, a produção de bens de capital recuou 1,3%, enquanto a produção de bens de consumo duráveis caiu 2,4% e a de bens não-duráveis cedeu 0,9%.

Na comparação anual, a produção industrial teve leve alta de 0,2% em novembro, ante uma previsão de avanço de 1,1%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você participa das celebrações da Semana Santa?