Publicidade

15 de Dezembro de 2013 - 11:31

Por - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Partido Social Democrata da Alemanha nomeou neste domingo seus ministros para o próximo gabinete da coalizão sob o comando da chanceler Angela Merkel. O partido de orientação à esquerda assume o controle dos ministérios econômico e de relações exteriores, enquanto o ministério das Finanças permanece sob o comando dos conservadores. Os oito ministros conservadores serão anunciados mais tarde.

O anúncio do PSD acontece um dia depois de membros do partido terem aprovados um acordo de coalizão com os conservadores de Merkel, eliminando um último obstáculo na formação do novo governo, quase três meses após as eleições de setembro.

O presidente do Social Democrata, Sigmar Gabriel deverá ser o ministro para Energia e para a Economia, ministérios serão aglutinados em um único. Frank-Walter Steinmeier assume o cargo de ministro das Relações Exteriores, reprisando o papel que desempenhou durante o primeiro governo de Merkel, de 2005 a 2009. A secretária-geral do Social Democrata, Andrea Nahle, ocupará o ministério do trabalho. Outros ministérios ocupados por sociais democratas são os da justiça, da família e do meio-ambiente. Fonte: Dow Jones Newswire.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?