Publicidade

04 de Janeiro de 2014 - 14:19

Por AE-AP - Agencia Estado

Compartilhar
 

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou o cancelamento da proibição geral de realizar protestos durante os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi. De acordo com uma ordem que o governo difundiu neste sábado em seu site, as reuniões, comícios, passeatas e outras manifestações podem ser feitas em lugares ou rotas aprovadas pelo ministério do Interior, que é responsável pela polícia do país.

Putin ordenou no ano passado que fossem proibidos os protestos em Sochi durante o período entre 7 de janeiro e 21 de março. Várias organizações defensoras dos direitos humanos criticaram a medida, que também cobre o período dos Jogos Paralímpicos.

Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), disse no mês passado que a Rússia havia concordado em designar áreas específicas para realização de protestos em Sochi. Não se sabe se a determinação deste sábado considera restringir as manifestações apenas nestas áreas.

"Saudamos este anúncio, é compatível com as garantias que o presidente Putin nos deu no ano passado e parte dos planos das autoridades russas para garantir a liberdade de expressão durante as competições, proporcionando um ambiente seguro, sem risco para os Jogos", disse Mark Adams, porta-voz do COI.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você aprova o retorno de Dunga para o comando da Seleção Brasileira?