Publicidade

19 de Dezembro de 2013 - 11:34

Por - Agencia Estado

Compartilhar
 

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse hoje que a ajuda de US$ 15 bilhões oferecida à Ucrânia foi motivada pela vontade de auxiliar um parceiro num "momento de desespero" e não tem ligação com as conversas que Kiev teve com a União Europeia.

Putin, que falou durante coletiva de imprensa, afirmou que Moscou decidiu comprar US$ 15 bilhões em títulos ucranianos e reduzir o preço do gás natural vendido ao vizinho para ajudar um país "irmão".

A ajuda do Kremlin veio num momento em que o presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovych, enfrenta grandes manifestações de rua contra sua decisão de abandonar um pacto com a UE e buscar estreitar laços com a Rússia. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?