Publicidade

06 de Janeiro de 2014 - 21:55

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O vice-presidente da Moody's e principal analista responsável pelo Brasil, Mauro Leos, afirmou, em entrevista à Dow Jones Newswires que o rating do Brasil pode ser rebaixado se a dívida do País se aproximar de 65% do Produto Interno Bruto (PIB).

"Não temos limites fixos, mas se a relação dívida/PIB se aproximar de 65%" o Brasil pode sofrer um corte no rating, disse ele.

Segundo Leos, a Moody's prevê que a dívida permanecerá acima de 60% do PIB este ano, mas que esse fator, sozinho, não provocará um rebaixamento se essa relação não subir. O analista afirmou que o alarme soou com a previsão da agência de que a dívida brasileira pode ter ultrapassado 60% do PIB em 2013.

"Estamos preocupados com as tendências no Brasil", disse Leos. Ele avaliou que o País precisa de mais investimentos públicos e privados, mas que isso pode ser difícil devido à fraca confiança das empresas. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você leva em consideração a escolaridade do candidato na hora de votar?