Publicidade

11 de Março de 2014 - 01:12

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Real Madrid bem que tentou, mas não conseguiu diminuir as três partidas de suspensão impostas a Cristiano Ronaldo por sua expulsão diante do Athletic Bilbao, domingo passado, pelo Campeonato Espanhol. Com isso, o técnico Carlo Ancelotti não pôde relacioná-lo para o duelo diante do Villarreal, neste sábado, pela 23.ª rodada da competição.

Nesta sexta-feira, o Comitê de Apelação da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) negou o recurso do Real para tentar diminuir ou até cancelar a pena, mantendo os três jogos de gancho. O clube tem agora um prazo de 15 dias úteis para apresentar um recurso no Comitê Espanhol de Disciplina Desportiva, que poderá pedir um efeito suspensivo.

Cristiano Ronaldo foi expulso depois que reclamou de um toque de mão na bola de Gurpegui, do Athletic Bilbao, que não gostou e empurrou o atacante. Indignado com a atitude do adversário, o astro devolveu a agressão com um puxão de cabelo, quase um tapa, no rosto do rival. O árbitro viu a reação intempestiva do craque e mostrou o cartão vermelho.

Ao anunciar a pena aplicada ao jogador, o comitê disciplinar da liga espanhola explicou que o português recebeu uma partida de suspensão pelo cartão vermelho e outros dois pelo gesto que fez ao deixar o campo. Com isso, Cristiano Ronaldo será desfalque diante do Villarreal e depois contra o Getafe e o Elche.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que campanha corpo-a-corpo ainda dá voto?