Publicidade

05 de Janeiro de 2014 - 14:31

Por - Agencia Estado

Compartilhar
 

O regulador do setor bancário da Alemanha (BaFin) criticou a resposta da administração do Deutsche Bank para uma investigação sobre a suposta manipulação da taxa interbancária de Londres, a Libor, segundo reportou neste domingo a revista Der Spiegel. A publicação cita um relatório preliminar do BaFin.

Os supervisores do setor bancário na Alemanha - BaFin e Deutsche Bundesbank - estão investigando o papel do Deutsche Bank na manipulação da Libor e de outras taxas. Em dezembro, o Deutsche Bank foi uma das seis instituições financeiras multadas por reguladores da União Europeia por operarem como "cartel" na manipulação de taxas. No mundo todo, mais de uma dúzia de bancos estão sendo investigados por autoridades.

A reportagem da Der Spiegel cita uma auditoria especial realizada pela Ernst & Young e encomendada pelo BaFin, segundo a qual o Deutsche Bank "falhou em esclarecer e investigar procedimentos internos" em resposta às alegações relacionadas a Libor. Outra auditoria especial feita pelo Bundesbank encontrou "sérias deficiências organizacionais" no Deutsche Bank como na supervisão de negociações.

"Ainda não está claro se a administração estava envolvida ou tinha conhecimento das potenciais tentativas de manipulação", diz o relatório do BaFin segundo cita a Der Spiegel. O regulador enviou um resumo de relatórios preliminares ao Deutsche Bank em agosto, de acordo com a revista.

"Reiteramos que, pelo status atual das investigações, podemos dizer que nenhum membro antigo ou atual da administração teve qualquer envolvimento inapropriado", disse uma porta-voz do Deutsche Bank. Ela afirmou que as negociações continuam, reafirmando que o banco está cooperando de perto com as várias investigações pelos reguladores, incluindo a do BaFin. A porta-voz se recusou a comentar a reportagem da revista.

De acordo com a Der Spiegel, o BaFin levanta ainda questionamentos sobre quão a sério o Deutsche Bank leva sua alegada mudança cultural que teria sido iniciada após os executivos Juergen Fitschen e Anshu Jain assumirem em junho de 2012. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você aprova o retorno de Dunga para o comando da Seleção Brasileira?