Publicidade

03 de Dezembro de 2013 - 05:46

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

A Rio Tinto informou que está reduzindo os custos em um ritmo mais rápido do que o esperado e que pretende cortar as despesas de capital em cerca de 40% nos próximos dois anos.

A segunda maior mineradora do mundo disse que cortou os custos de caixa operacional em US$ 1,8 bilhão nos 10 primeiros meses do ano, o que a coloca no caminho para atingir a meta de cortar US$ 2 bilhões até o final de 2013. A companhia espera reduzir os custos em mais US$ 5 bilhões até o final do próximo ano.

"Nós cortamos custos e devemos ultrapassar os nossos compromissos assumidos em fevereiro", disse o presidente-executivo da Rio Tinto, Sam Walsh.

O executivo ainda afirmou que as despesas de capital devem ser reduzidas a US$ 11 bilhões em 2014 e para US$ 8 bilhões em 2015. Neste ano, a mineradora deve totalizar US$ 14 bilhões em gastos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?