Publicidade

08 de Janeiro de 2014 - 17:29

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Apresentado oficialmente como reforço do Botafogo nesta quarta-feira, o volante Rodrigo Souto já começou a treinar com o restante do elenco e terá forte concorrência na luta por uma vaga no time, que já contava com jogadores como Renato, Marcelo Mattos e Dedé para a sua posição, e fecha os últimos detalhes para contratar Bolatti e Airton. Rodrigo Souto, porém, não teme a disputa e lembra que o Botafogo participará de várias competições em 2014.

"O Botafogo este ano tem muitas competições, vai precisar de todo mundo. Tem Campeonato Carioca, Libertadores, Brasileiro, Copa do Brasil... Vai precisar do grupo. Quero trabalhar forte para deixar essa dor de cabeça com o treinador. Tenho certeza de que ele vai utilizar todos os jogadores nas competições que teremos ao longo do ano. O importante é ajudar da melhor maneira possível", destacou.

Rodrigo Souto assinou contrato com o Botafogo até o fim do ano e pode dizer que já está em casa no clube, pois é irmão de Ney Souto, gerente-geral da base do clube, e amigo do presidente Maurício Assumpção. O volante, porém, negou que as relações pessoais tenham influenciado na sua contratação.

"É bom que me sinto mais em casa, mas não posso confundir as coisas. O trabalho será com profissionalismo e a amizade fica do lado de fora. Minha relação aqui com o presidente vai ser totalmente diferente. Em relação ao meu irmão, ele trabalha na base. Se eu fosse contratado por causa disso, já estaria aqui há muito tempo", afirmou.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que a Justiça agiu corretamente ao permitir, por habeas-corpus, a soltura dos ativistas presos durante a Copa?