Publicidade

07 de Dezembro de 2013 - 13:22

Por Fernando Faro - Agencia Estado

Compartilhar
 

Terminou com final feliz para os são-paulinos a novela envolvendo o futuro de Rogério Ceni. Após longo silêncio, o goleiro se reuniu com o presidente Juvenal Juvêncio na manhã deste sábado no CT da Barra Funda e renovou contrato por mais uma temporada. Dessa forma, a aposentadoria fica para o fim de 2014.

Rogério há tempos vinha dando sinais de que mudaria de opinião quanto ao futuro. A maior mostra aconteceu quando ele foi fazer os exames médicos para a próxima temporada junto com os companheiros. Antes disso, membros da diretoria e da família já não o viam com a certeza de que a aposentadoria era um fato consumado.

"O que mais me motivou a renovar o contrato, primeiro, é a oportunidade de continuar aqui no São Paulo, minha segunda casa. Eu adoro isso aqui, é praticamente a minha vida. Mas também pela insistência do clube, do presidente Juvenal Juvêncio que vem sendo tão incisivo comigo para que eu continue, assim como as declarações do Muricy pedindo a minha permanência, porque é muito bom trabalhar com a confiança de quem comanda o clube", afirmou o goleiro.

Na conversa com Juvenal, Rogério ouviu que o time terá uma equipe mais forte no ano que vem e voltará a brigar por títulos depois de um 2013 fracassado. Ele acredita que suporta mais uma temporada em alto nível, mas buscava a confirmação de que estaria em um elenco forte e mais preparado. Ao ouvir do presidente a garantia de que faria o São Paulo voltar a ser temido, aceitou a prorrogação.

"É uma satisfação enorme ter conseguido sensibilizar nosso maior ídolo para que atue por mais uma temporada. A permanência do vínculo entre São Paulo e Rogério Ceni é um enorme legado de nossa gestão. Sempre deixei claro que, pelo São Paulo, tínhamos o mais absoluto interesse na renovação do Rogério, não só por tudo que ele representa para o nosso torcedor, por ser o Mito, mas porque a temporada de 2013 mostrou que o Rogério está em grande forma", declarou Juvenal Juvêncio.

Maior ídolo da torcida, Rogério Ceni está com 40 anos e é um demolidor de recordes pelo São Paulo. Além dos 1.119 jogos pelo clube - que o colocam não só como recordista absoluto do Tricolor, mas também como jogador que mais vezes vestiu a mesma camisa, quebrando marca de Pelé -, ele também já marcou 113 gols, que o colocam como maior goleiro-artilheiro do mundo. Ele chegou ao clube em 7 de setembro de 1993, vindo de Sinop.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?