Publicidade

03 de Dezembro de 2013 - 19:19

Por Fernando Faro - Agencia Estado

Compartilhar
 

O São Paulo entra em campo neste domingo sem qualquer preocupação com sua posição no Campeonato Brasileiro, mas será personagem importante para o desfecho da competição, uma vez que enfrenta o Coritiba, que luta para não ser rebaixado. De quebra, o time terá os olhos atentos do Fluminense e do Vasco, que torcem por uma vitória paulista para escapar da degola.

Alheios aos problemas dos rivais, os jogadores garantem que a partida de domingo no Novelli Júnior, em Itu, terá máxima atenção do grupo, mas lembram que o São Paulo não irá se preocupar com os desdobramentos do seu jogo.

"Respeitamos porque sabemos da dificuldade de quem briga pra não cair, sofremos isso no campeonato e conseguimos sair disso bem antes do final, que deixa mais complicado ainda. Não temos que ajudar ninguém, precisamos respeitar nossa torcida e nossa camisa", explicou o zagueiro Antonio Carlos.

O defensor fala com a experiência de quem viu o time claudicar na zona de rebaixamento por 14 rodadas e precisou de duas trocas de técnico para enfim respirar aliviado. Repetindo o discurso de respeito ao campeonato adotado por Muricy Ramalho, Antonio Carlos lembra que o time tem jogado praticamente com a força máxima mesmo não aspirando a nada.

"Fomos contra o Criciúma e todo mundo viu que fomos para jogar. Não temos nada com o sofrimento de ninguém, quando nós estávamos lá embaixo todo mundo queria nos derrubar. Se eles ganharem, vão merecer os parabéns."

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?