Publicidade

08 de Dezembro de 2013 - 17:43

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O incêndio que forçou a petrolífera italiana Eni a fechar estações de apoio a um oleoduto na Nigéria foi provocado por sabotadores, disse hoje o Exército nigeriano.

O fogo começou ontem no oleoduto, que normalmente transporta 75 mil barris por dia. A Eni informou que começou imediatamente a fechar as operações no local.

Segundo autoridades, residentes locais em disputa com a empresa usaram dinamite para explodir o local. "O incidente foi uma sabotagem de alguns elementos que não gostam das operações de petrolíferas na região e certamente não foi resultado das atividades de ladrões de petróleo", disse o coronel Onyema Nwachukwu.

Sabotagens se tornaram raras na Nigéria depois que o governo concedeu anistia a militantes em 2009. Já roubos ocorrem frequentemente no local, que já ficou fechado por alguns meses este ano. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você participa das celebrações da Semana Santa?