Publicidade

11 de Março de 2014 - 00:44

Por Sanches Filho - Agencia Estado

Compartilhar
 

O mais caro jogador brasileiro em atividade no país, o centroavante Leandro Damião, estreia nesta quinta-feira, às 21 horas, no Santos contra o Linense, no estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins, a 620 quilômetros da Vila Belmiro, pela sexta rodada do Campeonato Paulista. E os desafios dele não são poucos. Entre outros, entrar bem no time de muita movimentação e velocidade e que vem sendo um dos destaques da competição, mostrar que vale os R$ 42 milhões que estão sendo pagos ao Internacional, na maior transação da história entre clubes brasileiros, e recuperar o tempo perdido para ainda ter possibilidade de jogar na Copa do Mundo.

Leandro Damião reconhece que sofreu prejuízos e teve algumas vantagens por ter esperado tanto tempo para começar a jogar. "A vantagem foi que enquanto eram resolvidos os problemas burocráticos para a minha estreia, tive tempo para fazer a pré-temporada completa, sem ter de jogar com apenas 10, 15 dias de preparação. E o prejuízo foi ter ficado fora de cinco partidas. Treinei bastante durante esse tempo todo, mas a movimentação de treino é diferente da de jogo. Devo sentir um pouco no começo", disse.

Contratado para ser a nova estrela do time na vaga deixada por Neymar, Leandro Damião é a aposta do Comitê de Gestão para o Santos voltar a disputar títulos, aumentar o quadro de sócios torcedores, chamar de volta o público aos estádios e atrair empresas interessadas em ser o anunciante master da equipe. O novo dono da camisa 9 que já vestiu Coutinho, Pagão, Serginho Chulapa e Juari, entre outros, disse que o seu foco no momento é no Santos, mas que admitiu que não perde de vista a seleção brasileira.

Como a sua estreia foi adiada inúmeras vezes, Leandro Damião acha difícil ainda ser lembrado para o amistoso contra a África do Sul, no dia 5 de março, em Johanesburgo. "Pois é: a convocação será na terça-feira e só tem esse jogo (nesta quinta, contra o Linense). É dar o máximo e mostrar que estou bem". E até a convocação para a Copa ele tem a esperança de para mostrar serviço para Felipão.

Apesar de ser atacante de área, Leandro Damião não prevê dificuldade para se encaixar no time do Santos. "A minha entrada não muda muita coisa. Gabriel foi improvisado na posição e não vinha precisando se movimentar muito. O importante é o time chegar à frente. Além disso, eu volto um pouco para ajudar a marcar e às vezes saio para os lados, inclusive já fiz gol de fora da área", completou.

Outras novidades do Santos contra o Linense serão os retornos de Mena à lateral esquerda e de Alan Santos no meio de campo, saindo, respectivamente, Émerson Palmieri e Leandro. Gustavo Henrique, com indisposição, foi poupado do treino desta quarta, mas viajou e joga.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a retirada das pinturas de Lucio Rodrigues dos pontos de ônibus?