Publicidade

11 de Março de 2014 - 03:28

Por AE-AP - Agencia Estado

Compartilhar
 

A empresária do alemão Michael Schumacher, Sabine Kehm, afirmou nesta quinta-feira que o dono de sete títulos mundiais na Fórmula 1 segue em processo de despertar do estado de coma induzido, no qual ele está desde que sofreu um grave acidente quando esquiava, no dia 29 de dezembro.

O jornal alemão Bild publicou nesta quarta-feira, sem citar quaisquer fonte, que Schumacher tinha desenvolvido uma pneumonia, mas o comunicado enviado por e-mail por Kehm nesta quinta-feira não fez menção a isso. "Como muitas vezes em tais situações, nenhum dia é igual ao outro", disse Kehm, acrescentando que a família de Schumacher não quer revelar detalhes médicos, a fim de proteger a privacidade do ex-piloto alemão.

"Continuaremos a comunicar qualquer nova informação decisiva sobre o estado de saúde de Michael. Estamos conscientes de que a fase de despertar pode levar um longo tempo. A família continua a acreditar fortemente na recuperação de Michael. O importante não é a velocidade da recuperação, mas que o processo de cura de Michael progrida de forma contínua e controlada", afirmou.

Kehm também aproveitou para agradecer mais uma vez o carinho e as demonstrações de apoio vindas dos fãs de Schumacher. "A família de Michael gostaria de expressar novamente seus sinceros agradecimentos pelo apoio contínuo vindo de todo o mundo. Os bons votos que recebemos ajudam a família e estamos convencidos de que eles também ajudam a Michael", disse.

No final de janeiro, a empresária de Schumacher revelou que os médicos começaram a acordá-lo, aproximadamente um mês após o seu acidente nos Alpes franceses, em Meribel. O ex-piloto, de 45 anos, sofreu ferimentos graves ao cair e bater o lado direito de sua cabeça em uma pedra.

O alemão está internado e em tratamento no Hospital Universitário de Grenoble desde então. Sua condição se estabilizou após a realização de duas cirurgias, depois de inicialmente ser descrita como crítica.

Maior campeão da história da Fórmula 1, com sete títulos, Schumacher também é o recordista de vitórias, com 91. O alemão se aposentou em definitivo após o encerramento da temporada 2012.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?