Publicidade

05 de Dezembro de 2013 - 09:25

Por - Agencia Estado

Compartilhar
 

Seis médicos, dentre eles um venezuelano e dois filipinos, estão entre os 25 mortos de um atentado suicida seguido por um ataque armado contra o Ministério da Defesa do Iêmen na capital do país, Sanaa. Uma fonte de segurança informou à agência France Presse o aumento do número de vítimas fatais para pelo menos 25.

Fontes médicas e de segurança disseram também que entre os mortos há três médicos iemenitas e cinco pacientes, dentre eles um juiz. Todos estavam num hospital localizado no interior do complexo ministerial, que foi o local mais atingido pelo atentado. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?