Publicidade

08 de Dezembro de 2013 - 17:45

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Brasil praticamente assegurou, neste domingo, já no seu segundo jogo no Mundial Feminino de Handebol, a sua classificação para a segunda fase da competição, que está jogado na Sérvia. Ao vencer a China por 34 a 21, conquistou seu segundo triunfo e indicou que não deve mesmo ter dificuldades em avançar como um dos quatro melhores dos seis times do Grupo B.

Diante de uma equipe que o técnico Morten Soubak dizia ser uma incógnita, porque a China jogou pouco internacionalmente nos últimos tempos, o Brasil não começou bem o jogo, mas deslanchou a partir dos 6 minutos de partida, principalmente graças às boas atuações de Fernanda e Alexandra, as duas pontas do time, e da goleira Babi. O primeiro tempo terminou com confortáveis 19 a 12 no placar.

Mas o segundo tempo começou muito ruim para a seleção brasileira, que levou quatro gols em sequência e demorou seis minutos para conseguir fazer o primeiro, levando Soubak à loucura. Mas logo as coisas voltaram aos eixos e o Brasil voltou a abrir folga no placar.

Quando a vantagem já era de mais de 10 gols e a vitória estava definida, a China subiu a marcação e Morten Soubak mostrou que queria mais: colocou Ana Paula como goleira-linha em busca de ampliar o placar. No fim, viu o Brasil venceu por 34 a 21. Alexandra, com oito gols, e Fernanda, com nove, foram as artilheiras da partida.

O Brasil lidera o Grupo B, com duas vitórias, e descansa na segunda-feira. A próxima adversária é a Sérvia, dona da casa, na terça, às 15h de Brasília. No dia seguinte, o rival é o Japão. Na sexta, as brasileiras devem disputar o primeiro lugar do grupo contra a Dinamarca.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?