Publicidade

11 de Dezembro de 2013 - 08:58

Por Renan Carreira - Agencia Estado

Compartilhar
 

O total de consumidores que buscaram crédito no mês de novembro foi 7,9% menor do que em outubro, segundo a Serasa Experian. Na comparação com novembro de 2012, o Indicador da Demanda do Consumidor por Crédito teve queda de 5,5%. No entanto, no acumulado do ano, a procura cresceu 2,7% na comparação com igual período de 2012. Os números foram divulgados nesta quarta-feira, 11.

Segundo os economistas da Serasa, o repasse das sucessivas altas da taxa básica de juros, a Selic, para o custo dos empréstimos - o que desencoraja os consumidores a expandir seus níveis de endividamento - e o menor número de dias úteis em novembro ante outubro (20 contra 23) impactaram negativamente a procura do consumidor por crédito, no mês passado.

A queda mais expressiva se deu entre consumidores de baixa renda. Aqueles que ganham até R$ 500 por mês reduziram a demanda em 8,9% em novembro ante outubro e os que recebem entre R$ 500 e R$ 1.000 mensais diminuíram a busca em 8,7%. Houve recuo de 6,5% na demanda por crédito na faixa de R$ 5.000 a R$ 10.000 e baixa de 7,7% para aqueles que ganham mais de R$ 10.000.

A demanda dos consumidores por crédito registrou variação negativa nas cinco regiões do País em novembro ante outubro: Norte (-12,2%), Sudeste (-9%), Nordeste (-7,5%), Centro-Oeste (-6,5%) e Sul (-4,7%).

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?