Publicidade

17 de Dezembro de 2013 - 19:22

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Minas Gerais está próxima de ter mais uma cidade como base de uma seleção sul-americana durante a Copa do Mundo do ano que vem. Nesta terça-feira, o Uruguai assinou um protocolo de intenção para se hospedar e treinar em Sete Lagoas, no interior do estado, durante a competição. O documento, no entanto, ainda não garante que a seleção ficará no local em 2014.

Para selar a estadia uruguaia na cidade, falta o aval do presidente da federação de futebol do país, Sebastián Bauzá. Ele participou de uma reunião nesta terça com outros dois integrantes da entidade, com o secretário municipal de Esportes e Lazer de Sete Lagoas, César Maciel, o advogado consultor da seleção uruguaia, Daniel Cravo, e proprietários do JN Resort, onde a delegação se hospedaria.

"A parceria entre a Secopa e o prefeito de Sete Lagoas, Márcio Reinaldo Moreira, e toda sua equipe foi extremamente importante para garantir esta primeira assinatura. Sete Lagoas possui uma ótima estrutura e, se receber o Uruguai, fará com grande excelência", declarou o secretário de estado extraordinário da Copa do Mundo em Minas Gerais, Tiago Lacerda.

Caso confirme Sete Lagoas como sua sede, o Uruguai será a terceira equipe sul-americana a definir Minas Gerais como base para a Copa do Mundo. Antes, a seleção chilena já havia confirmado que ficará em Belo Horizonte e treinará na Toca da Raposa II, do Cruzeiro. Também na capital do estado ficará a Argentina, que fará seus treinamentos na Cidade do Galo, do Atlético-MG.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?