Publicidade

19 de Dezembro de 2013 - 12:34

Por Sabrina Valle - Agencia Estado

Compartilhar
 

A redução da malha aérea brasileira e o aumento da taxa de ocupação, especialmente das empresas Gol e Tam, fez com que as vendas de combustíveis de aviação caíssem 1% em 2013, na comparação com 2012, segundo o diretor-executivo do Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes (Sindicom), Jorge Luiz Oliveira. O volume de vendas ficou em 7,3 bilhões de litros, segundo projeção com base em dados da Agência Nacional de Petróleo (ANP). Os números incluem querosene de aviação e gasolina de aviação.

As vendas de gasolina C cresceram 4,3% em 2013 puxadas pelo aumento da renda dos consumidores, manutenção de benefícios tributários para compra de veículos, crédito farto e até engarrafamentos, que aumentam o consumo por trecho. "Isso tudo provoca alta do consumo de gasolina", disse Oliveira.

Em relação ao óleo combustível as vendas cresceram 26% em 2013, na comparação com 2012, para 4,9 bilhões de litros. A alta, segundo Oliveira, foi puxada pelo maior consumo de usinas térmicas, que passaram boa parte do ano ligadas para compensar o baixo reservatório de usinas hidrelétricas. "As térmicas neste ano trabalharam a todo vapor", disse.

A refinaria Getúlio Vargas (Repar), em Araucária, no Paraná, voltou a operar na quarta-feira, 18, em caráter de teste, segundo o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes (Sindicom). As primeiras passagens de produtos foram feitas ontem, levando ainda cinco dias para que se possa elevar a produção. "Acredito que a partir de agora a produção comece a se normalizar", disse Oliveira.

A refinaria com capacidade para processar 200 mil barris por ia sofreu um incêndio em 28 de novembro em uma das torres de produção e estava sem produzir desde então. Oliveira disse que não houve grandes transtornos de abastecimento após o acidente, com faltas apenas pontuais e temporárias de produtos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?