Publicidade

15 de Dezembro de 2013 - 15:49

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O australiano Mick Fanning conquistou neste domingo o título do Circuito Mundial de surfe, nas ondas de Pipeline. Seu título, contudo, acabou sendo ofuscado pela grande performance do norte-americano Kelly Slater na última etapa do ano. Diante das ondas, que variavam de 3 a 4,5 metros, Slater chegou a tirar uma nota 10 nas semifinais e não teve problemas para ficar com o troféu da etapa, na decisão.

Com esta grande atuação, Slater até se aproximou de Fanning na classificação geral, mas não conseguiu evitar o título do rival. O australiano assegurou a conquista ainda nas quartas de final e encerrou a temporada com 54.400 pontos, contra 54.150 de Slater. O australiano Joel Parkinson terminou em terceiro, com 48.450.

O melhor brasileiro do ano foi Adriano de Souza, o Mineirinho, com 31.750 pontos, no 13º lugar. Gabriel Medina (25.000) terminou em 14º, Filipe Toledo (24.400), em 15º, e Miguel Pupo (18.450), em 19º lugar na temporada.

Neste domingo, quem mais brilhou entre os surfistas nacionais foi Miguel Pupo. Ele obteve o quinto lugar na etapa e garantiu sua permanência na divisão de elite do surfe mundial. Com este resultado, o Brasil terá sete atletas no Circuito Mundial de 2014, um a mais que este ano.

Os outros brasileiros a competir na elite no próximo ano são o catarinense Alejo Muniz, o carioca Raoni Monteiro e o potiguar Jadson André - Medina, Toledo e Pupo são paulistas.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?