Publicidade

15 de Janeiro de 2014 - 15:55

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Uma onda de violência, incluindo explosão de carros-bomba, ataques suicidas e tiroteios contra mercados e um funeral em várias partes do Iraque resultou na morte de ao menos 73 mortos nesta quarta-feira. Outras 128 pessoas ficaram feridas, informaram autoridades médicas e de segurança.

O mais violento deles atingiu um grupo de pessoas que velava um homem na cidade de Buhriz, cerca de 60 quilômetros ao norte de Bagdá. Segundo a polícia, 16 pessoas morreram e 26 ficaram feridas durante o funeral de um militante sunita contrário à Al-Qaeda, que morreu de causas naturais dois dias atrás.

Na capital, a explosão de nove carros-bomba deixou pelo menos 37 mortos. O pior deles aconteceu no bairro de Shula, norte de Bagdá, onde um carro estacionado explodiu num mercado aberto, matando cinco pessoas e ferindo 12, informou um policial. Outro carro-bomba em Shaab, que fica nas proximidades, deixou quatro civis mortos e 14 feridos.

Um veículo cheio de explosivos foi detonado na área comercial de Karrada, região central da cidade, matando quatro civis e ferindo 14. Em outra parte da mesma região, um carro-bomba matou dois civis e feriu 10, informaram autoridades.

No subúrbio de Hussainya, ao sul da capital, os explosivos colocados num carro mataram quatro civis e deixaram 11 feridos num mercado. Na região leste de Bagdá, na rua Palestina, outro carro-bomba matou três e deixou 10 feridos. O ataque a uma área comercial deixou três mortos e oito feridos na região de Maamil, leste da cidade. Nenhum grupo assumiu ainda a responsabilidade pelos ataques. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?