Publicidade

23 de Dezembro de 2013 - 16:37

Por José Maria Tomazela - Agencia Estado

Compartilhar
 

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) assinou nesta segunda-feira, 23, em Sorocaba, a mensagem de um projeto de lei enviado à Assembleia Legislativa de São Paulo criando a quinta região metropolitana do Estado. A Região Metropolitana de Sorocaba será integrada por 26 municípios com quase dois milhões de habitantes e valor do Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 50 bilhões.

O projeto resulta de pressão política, já que o estudo da Secretaria de Desenvolvimento Metropolitano do próprio governo recomendava para a região de Sorocaba um aglomerado urbano, como o de Jundiaí. Com 600 mil habitantes, Sorocaba é a maior cidade do Estado administrada pelo PSDB. "Se nós tomássemos todo o sudoeste do Estado, seria um aglomerado. À medida que ficam só 26 cidades do entorno de Sorocaba, então caracteriza a região metropolitana, que tem como principal característica a conurbação, ou seja, a fusão das áreas urbanas", disse Alckmin.

A aprovação do projeto deve ser precedida de audiências públicas com representantes dos municípios envolvidos. A mensagem considera que o agrupamento de municípios limítrofes tem características metropolitanas, em razão da densidade demográfica, expressiva conurbação, expressão nacional destacada e integração social. Entre os benefícios imediatos está a transformação de ligações interurbanas em locais, a adoção de bilhete único no transporte coletivo entre os municípios e a criação de um fundo de desenvolvimento regional.

O projeto original da região metropolitana de Sorocaba foi protocolado na Assembleia em 2005 pelo deputado petista Hamilton Pereira. Alertado de que, em caso de aprovação, o governador poderia vetar o projeto por entender que a iniciativa seria prerrogativa do Executivo, ele se reuniu com o governo e reteve a tramitação do projeto. Convidado para a solenidade nesta segunda-feira, Pereira trocou elogios com o governador. As outras regiões metropolitanas paulistas são as de São Paulo, Campinas, Vale do Paraíba e Baixada Santista.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?