Publicidade

18 de Dezembro de 2013 - 09:22

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Autor de um gol e de uma assistência na vitória do Barcelona sobre o Cartagena, por 3 a 0, no Camp Nou, na última terça-feira, pela Copa do Rei, Neymar ganhou férias antecipadas do técnico Tata Martino. Suspenso da partida deste domingo, contra o Getafe, fora de casa, pelo Campeonato Espanhol, o brasileiro ficou livre para descansar já a partir desta quinta-feira e só voltará novamente aos treinos em 2 de janeiro.

A data do retorno aos treinamentos foi confirmada pelo treinador após o duelo desta terça, quando ele também avisou que os jogadores que não são estrangeiros e moram na Espanha terão reapresentação ao clube aguardada para 30 de dezembro.

Neymar conquistou o direito de sair de férias antecipadamente depois de ter marcado seis gols em um intervalo de apenas sete dias. Antes do jogo diante do Cartagena, o atacante fez três na goleada por 6 a 1 sobre o Celtic, no último dia 11, pela Liga dos Campeões. Em seguida, no sábado, deixou a sua marca mais duas vezes e garantiu o triunfo por 2 a 1 sobre o Villarreal, pelo Campeonato Espanhol.

Ao balançar as redes diante do Cartagena nesta terça-feira, o craque também se tornou o único jogador a ter feito gols pelo Barça em todas as competições oficiais realizadas pelo clube neste ano.

Ao justificar as férias antecipadas concedidas a Neymar, que terá três dias a mais de descanso que seus companheiros, Martino disse que o astro vem de uma maratona desgastante de jogos. "Praticamente não teve descanso por muitos meses. Se adaptou muito bem ao clube e sabe o papel que deve desempenhar. É muito querido por todos", disse o treinador, elogiando também o atleta, que neste ano ainda brilhou de forma intensa com a camisa da seleção brasileira na Copa das Confederações, sendo que sua participação na competição tornou o seu ano ainda mais estafante.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?