Publicidade

06 de Dezembro de 2013 - 16:31

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Depois do sorteio que definiu os grupos da Copa do Mundo de 2014, nesta sexta-feira, na Costa do Sauipe (BA), o alemão Volker Finke, técnico de Camarões, evitou lamentar o fato de que sua seleção terá de enfrentar o Brasil na última rodada do Grupo A do Mundial, no dia 23 de junho, em Brasília.

Perguntado se o Brasil era o adversário mais difícil do grupo, ele disse que não. Para Finke, a partida contra os pentacampeões é derrota certa. Camarões vai brigar por pontos contra Croácia e México para avançar à segunda fase.

"Os dois jogos que são muito difíceis são contra Mexico e Croácia. Temos que ganhar pontos para passar. Contra o Brasil não é do mesmo nível. É um jogo contra o grande favorito, contra 200 milhões de pessoas, muitas emoções. Não é difícil. Difícil é ter que vencer México e Croácia. Contra o Brasil ninguém espera que Camarões vá vencer", disse o treinador, sincero, à ESPN Brasil.

Ele comemorou, porém, poder participar da festa da torcida brasileira. "É uma grande motivação. É muito emocionante jogar contra o grande favorito", comentou Finke, que ainda lembrou, falando ao SporTV, que o México, outro rival desta primeira fase, "teve muitas dificuldades de conquistar sua classificação para a Copa".

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você pretende substituir o ovo de Páscoa por outros produtos em função do preço?