Publicidade

02 de Dezembro de 2013 - 11:37

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Goiás terá um importante desfalque para a partida que pode valer na Copa Libertadores, domingo, contra o Santos, no Serra Dourada. Isso porque o treinador da equipe, Enderson Moreira, precisa ser submetido a uma cirurgia cardíaca e não poderá comandar o time na beira do gramado no jogo mais importante do clube nas últimas temporadas.

O clube não deu mais informações a respeito do quadro de saúde do treinador. Em nota oficial, comunicou apenas que não se trata de uma situação complexa. Na terça-feira, a situação deverá ser explicada pelo médico Sérgio Rassi, que também é vice-presidente do Goiás.

Provavelmente será o próprio Sérgio Rassi a realizar a cirurgia, uma vez que ele é cardiologista e proprietário do Hospital do Coração Anis Rassi, onde será realizada a cirurgia. Ainda na terça-feira, o elenco do Goiás se reapresenta no CT do clube e Enderson concederá entrevista coletiva.

O Goiás é o quarto colocado do Brasileirão e só depende de si para garantir uma vaga temporária na pré-Libertadores. Se terminar essa posição, terá que torcer para a Ponte Preta não vencer a Copa Sul-Americana e não roubar a vaga. Para avançar em terceiro e se garantir direto na fase de grupos, o time goiano precisa ganhar do Santos e torcer contra o Atlético-PR, que pega o Vasco em Joinville.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?