Publicidade

10 de Março de 2014 - 22:02

Por Marcelo Gomes - Agencia Estado

Compartilhar
 

Uma intensa troca de tiros assustou moradores do Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, entre o fim da noite de terça-feira, 28 e a madrugada desta quarta, 29.

Pelas redes sociais, moradores relatam que ouviram barulhos de tiros em várias favelas da região. O confronto, no entanto, foi mais intenso na Nova Brasília. Ainda segundo relatos, as sedes de três UPPs (Nova Brasília, Alemão e Fazendinha) teriam sido atacadas. Uma granada também teria sido atirada na recém-inaugurada 45ª Delegacia de Polícia (Complexo do Alemão). As informações, no entanto, não foram confirmadas pelas polícias Militar e Civil.

Por conta dos tiroteios, o patrulhamento no conjunto de favelas foi reforçado com homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), tropas de elite das polícias Militar e Civil, respectivamente.

Considerado o quartel-general do Comando Vermelho, a maior facção de tráfico de drogas do Rio, o conjunto de favelas foi ocupado pelas forças de segurança em novembro de 2010, após uma onda de ataques a ônibus e postos policiais que levou pânico à cidade. O complexo ficou permanente ocupado pelo Exército até meados de 2012, quando foram inauguradas quatro Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) no local.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que a realização de blitze seria a solução para fazer cumprir a lei que proíbe jogar lixo nas ruas?