Publicidade

05 de Dezembro de 2013 - 21:06

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O empate no final contra o Lanús renovou as esperanças da torcida da Ponte Preta. Apesar de precisar vencer em território inimigo para ser campeão da Copa Sul-Americana, o time de Campinas espera levar até 4 mil torcedores para a Argentina. Nesta sexta-feira, começam a ser vendidos 2,5 mil entradas ao preço único de R$ 40,00 para o jogo de volta, na próxima quarta-feira, em Lanús. Outros 1,5 bilhetes ao preço de US$ 20,00 serão vendidos no local do jogo.

Para evitar a ação de cambistas, a Ponte exigirá a apresentação da carteirinha do sócio-torcedor ou o "voucher" da passagem para a Argentina. "Pedimos que o torcedor se programe para vir cedo, porque acreditamos em mais de dois mil interessados", alertou o diretor social Giovanni Dimarzio.

O dirigente também confirmou que quatro ônibus serão disponibilizados gratuitamente para torcedores que queiram ir à Argentina. Dois serão destinados às organizadas e outros dois serão sorteados aos sócio-torcedores. "Recebemos com surpresa a informação de um empresário ponte-pretano que fez a doação", afirmou Dimarzio, informando que cada veículo custará R$ 25 mil.

A presença de quase 30 mil torcedores no Pacaembu, no empate da última quarta-feira, por 1 a 1, surpreendeu até mesmo a diretoria da Ponte Preta. Além de partirem em comboios de mais de 80 ônibus, milhares de vans e carros deixaram Campinas até a capital paulista.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?