Publicidade

10 de Março de 2014 - 21:33

Por Murilo Roncolato - Agencia Estado

Compartilhar
 

Para quem está de longe e só ouve os gritos da torcida, parece até que se trata de uma final de Copa do Mundo aqui na Campus Party. Mas os craques da feira de ciência e tecnologia não jogam com a bola nos pés, mas sim com os controles e teclados à mão, disputando partidas de League of Legends e Starcraft II em uma das atrações mais disputadas (e assistidas) do espaço Open Campus.

A competição faz parte da quinta rodada de oitava temporada da competição global dos dois games, organizada pela Intel e promovida pela ESL (Eletronic Sports League). Além do Brasil, que recebe pelo terceiro ano consecutivo uma etapa do campeonato, há rodadas na Europa, na América do norte e na Ásia.

A final da competição distribui prêmios, valendo mais de R$ 180 mil para os jogadores de League of Legends (conhecido popularmente como LoL) e Starcraft. Quem vencer a etapa poderá participar da final mundial do Intel Extreme Masters, que acontece em março, na Polônia.

Junior Pavani, de 17 anos, era um dos que estavam na fiel plateia. Adiantou-se e conseguia um cadeira bem na frente, antes de todas as demais, além de corredores, serem ocupados. O jovem de 17 anos joga League of Legends há cerca de três anos e afirma conhecer todos os competidores, que, naquele momento, concentravam-se antes de mais uma partida do campeonato. "Para quem gosta do jogo, eles são famosos, são quase celebridades. Eu jogo todo dia, inclusive com alguns deles, muitas vezes", diz, acrescentando que passa os dias com seu computador ligado no LoL.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor de fechamento de pista em trecho da Avenida Rio Branco para ciclovia nos fins de semana?