Publicidade

25 de Dezembro de 2013 - 17:49

Por Wladimir D'Andrade e Carla Araújo - Agencia Estado

Compartilhar
 

O tráfego era intenso por volta das 17h30 desta quarta-feira, dia 25, no Sistema Anhanguera-Bandeirantes para o motorista que sai do interior no sentido da capital paulista, na volta do feriado de Natal. De acordo com a concessionária CCR AutoBAn, há três pontos mais críticos, mas sem paradas na pista. Dois deles estão na Rodovia Bandeirantes, do quilômetro 64 ao 58, em Jundiaí, e do quilômetro 33 ao 27, já na região da cidade de São Paulo. Na Anhanguera, o trânsito é intenso do quilômetro 63 ao 58, em Jundiaí.

A concessionária informa que o tráfego de caminhões na Rodovia Bandeirantes está proibido até as 22 horas do quilômetro 48 ao 23 no sentido São Paulo. A alternativa é a Rodovia Anhanguera.

O motorista encontra a mesma situação de tráfego intenso, porém sem pontos de congestionamento, na Rodovia Presidente Dutra. Segundo a concessionária CCR NovaDutra, há lentidão na região de Guarulhos, do quilômetro 219 ao 218 por conta de um acidente, e do 205 ao quilômetro 212.

No sistema formado pelas rodovias Castello Branco e Raposo Tavares, que liga São Paulo às cidades do Oeste Paulista, há tráfego lento em Barueri na pista expressa da Castello Branco, sentido capital, dos quilômetros 57 a 46, por conta de um acidente no local. No sentido interior, a Castello tem tráfego normal. O tráfego de caminhões na rodovia é proibido aos domingos e feriados, sentido capital do km 129 ao km 13 de Tatuí à São Paulo, das 14h00 às 01h00.

A Raposo Tavares tem situação tranquila nos dois sentidos, conforme boletim divulgado há pouco pela concessionária CCR Via Oeste, que administra a rodovia.

A Fernão Dias, que liga São Paulo a Belo Horizonte, tem tráfego lento do km 56 ao km 59 (sentido Norte (MG)), devido a excesso de veículos, segundo informações da Arteris, concessionária que administra a rodovia.

De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), a situação nos aeroportos brasileiros está dentro da normalidade. O boletim divulgado pelo órgão às 17 horas mostra que dos 1.349 voos programados apenas 50 (ou 3,7%) registraram atrasos e 119 (8,8%) foram cancelados.

Em São Paulo, dos 144 voos programados para partir do aeroporto de Congonhas 13 foram cancelados (9%) e outros quatro (2,8%) registraram atrasos. No Rio de Janeiro, o aeroporto Santos Dumont também teve 13 voos cancelados (15,7%) e apenas três registraram atraso, dos 83 programados no total.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?