Publicidade

23 de Dezembro de 2013 - 15:49

Por Marcelo Portela - Agencia Estado

Compartilhar
 

O feriado prolongado de fim de ano começou de forma violenta nas rodovias que cortam Minas Gerais. Desde a noite da última sexta-feira, 20, até a manhã desta segunda-feira, 23, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) já havia registrado as mortes de 31 pessoas em acidentes ocorridos em diversos pontos do Estado, que tem a maior malha viária do País.

A última morte ocorreu no fim da manhã desta segunda. Um motociclista que trafegava pela MG-010, em Santa do Riacho, na região central de Minas, bateu de frente com uma carreta que invadiu a pista da contramão. Segundo a PMRv, o motorista da carreta, cujo nome não foi revelado, apresentava sinais de embriaguez, confirmada depois pelo teste do bafômetro, e foi preso em flagrante.

O acidente mais grave ocorreu em Fronteira, no Triângulo Mineiro, onde três pessoas de uma mesma família morreram quando o carro em que estavam atingiu a lateral de uma carreta que fazia uma conversão na BR-153 no sábado, 21. Um rapaz que estava no veículo de passeio sofreu ferimentos, mas sobreviveu. No mesmo dia, duas pessoas morreram e três ficaram feridas depois que o carro em que estavam foi atingido de frente por uma carreta na BR-251, em Francisco Sá, no norte de Minas.

Além das mortes, as polícias registraram ainda pelo menos 57 feridos nos acidentes ocorridos em Minas durante o fim de semana. Foi o que ocorreu, por exemplo, com as sete pessoas que ocupavam dois carros que bateram perto de Ponto dos Volantes, no Vale do Jequitinhonha. De acordo com a PRF, o motorista de um dos veículos perdeu o controle no momento em que trafegava, sob forte chuva, pela BR-116 e atingiu o outro carro. Dois rapazes de 16 anos sofreram ferimentos graves, mas não correm risco de morte. Ainda segundo a PRF, a maior parte dos acidentes foi causada por imprudência dos motoristas, agravada pelos temporais que castigam boa parte do Estado.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você pretende substituir o ovo de Páscoa por outros produtos em função do preço?