Publicidade

27 de Dezembro de 2013 - 13:01

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Dois integrantes das forças de manutenção de paz da União Africana (UA) na República Centro-Africana foram mortos a tiros na noite de ontem, informou nesta sexta-feira um porta-voz da entidade.

Os dois soldados eram congoleses e foram mortos em um ataque à patrulha da qual participavam em Bangui, a capital da República Centro-Africana, disse Eloi Yao, o porta-voz.

No dia de Natal, seis soldados da UA oriundos do Chade morreram em outro ataque em Bangui, o que expõe a volátil situação na República Centro-Africana, que encontra-se à beira de uma guerra civil nove meses depois da deposição do presidente François Bozizé.

Também na quinta-feira, forças de segurança repeliram um ataque ao palácio presidencial e mantenedores de paz da UA descobriram uma vala comum com aproximadamente 20 corpos na capital. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?