Publicidade

20 de Dezembro de 2013 - 16:10

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, afirmou nesta sexta-feira que os organizadores da Copa do Mundo de 2014, incluindo a Fifa, não podem "relaxar e dormir sobre os próprios louros". Na sua última coluna publicada no site da Fifa em 2013, o dirigente baixou o tom das críticas e mostrou otimismo com a organização do Mundial.

De acordo com Valcke, dos seis estádios que ainda precisam ser entregues para a Copa, todos, exceto o Itaquerão, terão sediado nos três primeiros meses de 2014 o primeiro de ao menos três eventos-teste.

"Além disso, as estruturas temporárias em todos os 12 estádios precisam se adequar aos padrões e tamanhos de uma Copa do Mundo da FIFA, para mencionar apenas duas das muitas tarefas ainda na pauta", escreveu ele, que reforçou que "não haverá nem houve nenhuma concessão em relação à segurança e à proteção", em referência aos acidentes no Itaquerão e na Arena Amazônia.

Na coluna, Valcke elogiou a recepção proporcionada pela Bahia e pela Costa do Sauipe no Sorteio da Copa e afirmou que a Fifa está "estusiasmada de ver a quantidade de brasileiros" que tentaram comprar ingressos. O francês ainda avisou que virá ao Brasil em 20 de janeiro para visitar São Paulo, Manaus, Cuiabá e Rio.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?