Publicidade

11 de Março de 2014 - 06:14

Por Daniel Batista - Agencia Estado

Compartilhar
 

O meia Valdivia deu entrevista coletiva nesta sexta-feira e, por mais que tivesse tentado fugir de polêmicas, não esqueceu o seu lado irreverente e sobrou para Pelé. O jogador do Palmeiras se mostrou contrariado pelas declarações do Rei de Futebol de que o Chile é um dos favoritos na Copa do Mundo.

"Não tem essa história de que o Pelé fala uma coisa e acontece outra totalmente contrária? Respeito muito o ídolo que ele é, mas prefiro que não fale isso do nosso país. Estamos em um grupo difícil, com os dois últimos finalistas da Copa, com duas grandes seleções", analisou o meia, lembrando que o Chile está no grupo B, ao lado de Espanha, Holanda e Austrália.

O palmeirense também criticou a organização e estrutura do Brasil para a realização da Copa do Mundo. "Concordo com o que se fala, que a estrutura do País para receber a Copa do Mundo não está 100%. São Paulo tem muito trânsito, tem aeroporto que não está pronto, centro de treinamento também. O fato de a seleção da Alemanha construir um CT próprio mostra que para eles não há estrutura necessária para ficar um mês no pais", comentou.

Valdivia foi convocado pelo técnico Jorge Sampaoli para o amistoso do Chile contra a Alemanha, dia 5 de março. Assim, o meia vai desfalcar o Palmeiras da partida contra o São Bernardo, dia 6, pelo Campeonato Paulista.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?