Publicidade

10 de Dezembro de 2013 - 18:49

Por José Maria Tomazela - Agencia Estado

Compartilhar
 

Após seis dias sem coleta regular de lixo em razão de uma greve de servidores, a prefeitura de Votorantim, na região de Sorocaba, decretou nesta terça-feira, 10, estado de emergência nos serviços públicos. Além da coleta e transporte dos resíduos domésticos, estão parados serviços de manutenção da cidade, transporte de alunos e de pacientes para hospitais da região.

O decreto foi assinado pelo prefeito Erinaldo Alves da Silva (PSDB) considerando "o prejuízo nos serviços essenciais" e as "tentativas infrutíferas de acordo e conversação". Com o decreto, a prefeitura pode fazer a contratação emergencial de empresas para a coleta, adquirir materiais e adotar medidas para a execução de ações de interesse público.

Em razão da greve, o lixo se acumula principalmente em bairros da periferia. De acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos, depois de se manter intransigente nas negociações, a prefeitura marcou uma reunião de negociação para a sexta-feira, 13. A principal reivindicação dos servidores é um reajuste salarial de 19%.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?