Publicidade

10 de Março de 2014 - 20:14

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O suíço Stanilas Wawrinka se classificou nesta quinta-feira para a primeira final de Grand Slam da sua carreira. Em Melbourne, o número 8 do mundo se tornou o primeiro tenista garantido na decisão da chave masculina do Aberto da Austrália ao derrotar o checo Tomas Berdych, sétimo colocado no ranking da ATP, por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (1/7), 7/6 (7/3) e 7/6 (7/4), em 3 horas e 31 minutos.

Até esta quinta-feira, Wawrinka tinha como melhor campanha em um torneio de Grand Slam as semifinais do US Open de 2013 e do Aberto da Austrália deste ano. Agora, porém, vai disputar a sua primeira decisão de um torneio do Grand Slam diante do vencedor da partida entre o espanhol Rafael Nadal e o também suíço Roger Federer, marcada para esta sexta-feira.

Em sua campanha até a decisão do Aberto da Austrália, Wawrinka encontrou facilidades nos primeiros jogos. Ele passou pelo casaque Andrey Golubev, que abandonou a partida em dois sets, pelo colombiano Alejandro Falla em quatro sets, por W.O. pelo canadense Vasek Pospisil e em três sets pelo espanhol Tommy Robredo.

Nas quartas de final, porém, reviu o sérvio Novak Djokovic, que o havia derrotado em cinco sets nas edições anteriores do Aberto da Austrália e do US Open. Dessa vez, porém, foi o suíço que triunfou por 3 sets a 2, passando às semifinais. Nesta sexta-feira, então, superou Berdych para fazer 9 a 5 no confronto direto.

Agora, vai disputar a sua primeira final de um torneio do Grand Slam e buscará seu segundo título em 2014 - foi campeão do Torneio de Chennai. Além disso, vai tentar ampliar a sua invencibilidade nesta temporada, pois ganhou os dez jogos que disputou.

O JOGO - A partida desta quinta-feira foi bastante equilibrada, com Wawrinka sobressaindo nos momentos mais decisivos, e ganhando apenas um ponto a mais - 143 a 142. Berdych até foi superior em algumas estatísticas, como o número de aces - 21 a 18 - e de winners - 60 a 57. E ambos empataram no porcentual de pontos vencidos no primeiro serviço - 82% - e também no número de erros não-forçados - 49 para cada.

No primeiro set, Wawrinka conseguiu uma quebra de serviço no oitavo game. Em seguida, confirmou o seu saque e venceu por 6/3. Os outros três sets da partida foram extremamente equilibrados, tanto que nenhum tenista conseguiu converter break points. Todos eles, então, foram definidos no tie-break.

No primeiro deles, Berdych se deu melhor e venceu por 7/1 para empatar o jogo em 1 a 1. Depois, porém, Wawrinka se impôs. O suíço ganhou o tie-break do terceiro set por 7/3 e o do quarto por 7/4, definido com uma devolução para fora de Berdych, se garantindo na decisão do Aberto da Austrália.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está evitando contrair dívidas maiores em função da situação econômica do país?