Publicidade

11 de Março de 2014 - 20:40

Por Daniel Batista - Agencia Estado

Compartilhar
 

Com contrato até fevereiro de 2015, Wesley tem futuro incerto no Palmeiras. O jogador revelou nesta terça-feira que já iniciou as tratativas para a renovação de seu contrato, mas tenta não se envolver no assunto. A partir de agosto, o jogador já pode assinar um pré-contrato com outro clube, porém seu desejo é permanecer.

"Parece que o pessoal já começou uma conversa, mas não tem nada definido. Já respondi várias vezes após o jogo que estou feliz e adaptado. Passei por muita coisa no Palmeiras e quero dar continuidade. Se depender de mim, quero ficar, mas vamos ver o que acontece", disse o volante, envolvido em uma polêmica.

O jogador prefere não entrar no assunto sobre sua transferência do Palmeiras para o Werder Bremen, em março de 2012. Na negociação, o time paulista teve Antenor Angeloni, presidente do Criciúma, como fiador e responsável por avalizar a contratação. Mas o Palmeiras não pagou o empresário.

"Sempre me concentrei no futebol. É um assunto entre eles (Palmeiras e Angeloni). Espero que eles consigam se resolver", disse o jogador.

O acordo previa que o Palmeiras pagasse três parcelas anuais de 2 milhões de euros (R$ 14 milhões) - a última parcela ainda não venceu, mas o valor não foi quitado. Angeloni entrou na Justiça e conseguiu bloquear parte do pagamento que a TV Globo deu ao clube pela transmissão dos jogos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?